quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

NOVO TOYOTA F1 TF109 2009

Feed do Metal Ômega
Assine o nosso Feed ou receba os artigos por email
categories :
technorati: | 0 comentários »

Nova Toyota F1 TF109 2009


Nova Toyota F1 TF109 - 2009A Toyota, que por pouco não seguiu o caminho da Honda e cedeu à crise, apresentou o modelo TF109 em cerimônia online, similar à Ferrari.

O design da nova Toyota F1 TF109 continua parecido a do ano passado, não fosse as novas asas traseiras mediante novas regras, e na dianteira o aerofólio ficou mais largo.

Para a Toyota F1 que teve dois pódios e um quinto lugar no campeonato de construtores parece uma sacada óbvia: não mexer muito para melhorar estes números. Mas tem muitas incógnitas pela frente. Segundo o diretor da Toyota, Tadashi Yamashina, diz que “o alvo é lutar para conseguir a primeira vitória da Toyota na Fórmula 1”.

Nova Toyota F1 TF109 - 2009A Toyota F1 ainda se apresentou otimista e renovou o patrocínio com a Panasonic até 2012, além de fechar um novo com a RE/MAX Europe. Em tempos de crise econômica, é um ótimo negócio que vai contra as previsões de evasão de patrocinadores em 2009.

Os pilotos da Toyota F1 continuarão os mesmos: o aspirante a aposentado Jarno Trulli – ainda um bom piloto – e Timo Glock – inconstante e eternamente lembrado pelos braslieiros por causa da última corrida de 2008.

Por onde passa, a Fórmula 1 segue arrastando muito luxo e contratos milionários. Mais uma prova disso foi a entrevista dada por Isaac Prada e Nogueira, engenheiro que faz doutorado na Renault, ao jornal espanhol El País. Segundo ele, uma única volta em um carro de Fórmula um custa mil euros (cerca de R$ 2,5 mil).

Nova Toyota F1 TF109 - 2009Outra informação passada pelo engenheiro é que, somente em peças, um carro de Fórmula 1 pode custar 1,5 milhão de euros (cerca de R$ 3,8 milhões). Além disso, somente em energia, a Renault, por exemplo, gasta cerca de 90 mil euros (cerca de 330 mil) e a maior parte é por conta do túnel de vento. Algumas escuderias chegam a ter dois túneis de vento em suas fábricas.

De acordo com a revista F1 Business, na temporada passada, a escuderia que mais investiu foi a McLaren. Foram 368 milhões de euros (cerca de R$ 940 milhões), contra 306 (cerca de R$ 779 milhões) e 315 milhões de euros (R$ 802 milhões) gastos pelos clubes espanhóis Barcelona e Real Madrid, respectivamente, no futebol.

Nova Toyota F1 TF109 - 2009Somente com o espanhol Fernando Alonso na temporada 2007, a McLaren teria gastado 20 milhões de euros (cerca de R$ 51 milhões).

Mas este ano a redução de gastos foram as principais notícias dentro de cada equipe, impostas principalmente pela FIA, e há notícias de utilizar um motor a cada 3 provas, e de um único fornecedor de motores, para as equipes que não são montadoras e depender de um fornecedor. Já em 2010 o Kers será obrigatório para todos.


Receba atualização do Metal Ômega por e-mail assinando o Feed ou pelo endereço:
http://feeds.feedburner.com/Metalomega
Não se esqueça de confirmar o endereço do seu e-mail (lembre-se de remover o filtro anti-spam)

Se gostou do artigo comente, se identifique, e deixe teu site/blog caso tenha.
Só faça comentário se tiver ligado com o assunto. Obrigado :-)




0 comentários:

Postar um comentário


Receba atualização do Metal Ômega por e-mail assinando o Feed ou pelo endereço:
http://feeds2.feedburner.com/Metalomega
Se gostou do artigo comente, se identifique, e deixe teu site/blog caso tenha.
Só faça comentário se tiver ligado com o assunto. Obrigado :-)

COMUNIDADE NO ORKUT:
http://www.orkut.com.br/Main#CommTopics.aspx?cmm=73727597

Formulário de Contato

Contato

Seu Nome :
E-mail :
Assunto :
Mensagem :
Image (case-sensitive):