domingo, 5 de outubro de 2008

BRINQUEDOS PERIGOSOS A SAUDE

Feed do Metal Ômega
Assine o nosso Feed ou receba os artigos por email
categories :
technorati: | 1 comentários »

Brinquedos clandestinos escondem sérios perigos à saúde

É preciso ter muita atenção na hora das compras para o Dia das Crianças. Produtos que parecem inofensivos podem fazer mal à saúde.

Fonte: http://g1.globo.com/bomdiabrasil

Brinquedos PerigososAs crianças fazem planos e ensaiam, ansiosas, o que vão fazer com o brinquedo novo. O dia das crianças está chegando. Os pedidos aumentam e fica difícil resistir, mas os pais devem estar atentos. Nem todos os produtos à venda estão de acordo com a lei.

As equipes do Instituto de Pesos e Medidas (IPEM) fiscalizam as prateleiras e conferem cada embalagem. Em uma loja de Contagem, em Minas Gerias, foram apreendidos 86 brinquedos. Neles, há vários símbolos que confundem o consumidor e que não valem no Brasil. Falta ainda o selo do Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro).

O selo do Inmetro é exigido, porque ele é a garantia de que o produto passou nos testes de segurança e é lei. A fiscalização é feita há dez anos, mas até hoje os depósitos são pequenos para tantos brinquedos apreendidos nas ruas todos os meses.

Até no escritório há material retirado das lojas. A maioria dos brinquedos irregulares vem de fora do país. Uma boneca é uma ameaça, por causa das pequenas peças que, se engolidas, podem até matar. Quem entende a língua estrangeira no brinquedo? Sem a descrição do produto em português, nem a indicação de faixa etária, muito menos o selo do Inmetro, o ioiô significa perigo.

“Ele não informa quais os componentes que constituem esse líquido. Tem ainda um cordão que pode se enroscar na criança. Tem uma portaria específica do Inmetro para coibir totalmente a sua venda. Ele foi apreendido em grande escala e, mesmo assim, ainda existe produto entrando no mercado brasileiro”, o gerente de fiscalização do Ipem, Raimundo Mendes Costa.

O Ipem reconhece: ele precisa da ajuda do consumidor e dos pais para retirar esses brinquedos de circulação.

“No dia em que o consumidor entender que é importante observar se há a marca do Inmetro, não haverá comércio. Portanto, não haverá importação, e diminuirá obviamente o número de produtos irregulares no mercado”, o gerente de fiscalização do Ipem, Raimundo Mendes Costa.


1 comentários:

Luis disse...

temos que proteger nossas crianças

Postar um comentário


Receba atualização do Metal Ômega por e-mail assinando o Feed ou pelo endereço:
http://feeds2.feedburner.com/Metalomega
Se gostou do artigo comente, se identifique, e deixe teu site/blog caso tenha.
Só faça comentário se tiver ligado com o assunto. Obrigado :-)

COMUNIDADE NO ORKUT:
http://www.orkut.com.br/Main#CommTopics.aspx?cmm=73727597

Formulário de Contato

Contato

Seu Nome :
E-mail :
Assunto :
Mensagem :
Image (case-sensitive):