sábado, 30 de janeiro de 2010

Assista o Filme Avatar Online - Crítica do Filme Avatar

Feed do Metal Ômega
Assine o nosso Feed ou receba os artigos por email
categories : , ,
technorati: , , | 0 comentários »

Filme Avatar Online -

Crítica do Filme Avatar


Assista o Filme Avatar Online Crítica do FilmeSinopse: Jake Sully (Sam Worthington) ficou paraplégico após um combate na Terra. Ele é selecionado para participar do programa Avatar em substituição ao seu irmão gêmeo, falecido. Jake Sully viaja a Pandora, um planeta extraterrestre, onde encontra diversas e estranhas formas de vida.

O local é também o lar dos Na'Vi, seres humanóides que, apesar de primitivos, possuem maior capacidade física que os humanos. Os Na'Vi têm três metros de altura, pele azulada e vivem em paz com a natureza de Pandora. Os humanos desejam explorar o planeta Pandora, de forma a encontrar metais valiosos, o que faz com que os Na'Vi aperfeiçoem suas habilidades guerreiras.

Como são incapazes de respirar o ar de Pandora, os humanos criam seres híbridos chamados de Avatar. Os Avatares são controlados por seres humanos, através de uma tecnologia que permite que seus pensamentos sejam aplicados no corpo do Avatar. Desta forma Jake Sully pode novamente voltar a andar, com seu Avatar percorrendo as florestas de Pandora e liderando soldados, já que é um ex-fuzileiro. Até que Jake Sully chega a conhecer Neytiri (Zoe Saldana), uma feroz Na'Vi que o encontra acidentalmente, salva-lhe a vida do Avatar de Jake Sully, e logo mais serve de tutora para sua ambientação na civilização dos Na'Vi.


Crítica do Filme Avatar


O último filme de James Cameron, o muito badalado “Avatar” levanta uma série de questões interessantes… em termos cinematográficos foi o melhor filme de todos os tempos. Em termos de espetáculo e entretenimento puro (que é uma especialidade Cameron) é um filme absolutamente que todos merecem ver e plenamente merecedor de comentários.

1- A ação do filme Avatar passa-se em 2154 num planeta selva chamado “Pandora” que será um satélite de um gigante gasoso no sistema de Alfa de Centauro, a 4,4 anos-luz da Terra. Enfim, 4,4 ou 4,2… Já que Alfa é um sistema triplo, com duas estrelas Alfa de Centauro A e Alfa de Centauro B rodando em torno de um centro gravitacional comum o que faz com que nesta rotação as estrelas possam estar mais próximo de nós, a 4,2 anos-luz. Uma viagem humana qualquer a Alfa tentaria chegar no momento de maior aproximação, exatamente como se faz hoje com as missões que se enviam a Marte e não quando o afastamento é maior, a 4,4 anos. Aqui encontramos pois o primeiro erro astronômico em “Pandora”.

2- Pandora é um satélite muito húmido, e logo, próximo da sua estrela. Não há muito tempo atrás, e como Pandora orbita um gigante gasoso, esperava-se que todos os Sistemas Planetários tivessem uma distribuição idêntica à do Sistema Solar, mas desde então foram detetados dezenas de planetas gigantes em órbitas muito próximas da sua estrela, pelo que em termos estritamente astronômicos um satélite como Pandora parece plausível. Mas os planetas gigantes parecem ter uma propensão a serem grandes emissores de radiação e serem geradores de grandes ondas gravitacionais que provocam terremotos frequentes e de grande amplitude nas suas luas. Isso mesmo é observável em Saturno e em Júpiter e tais perturbações (muito mais intensas que na Terra) podem prejudicar o lento e gradual desenvolvimento da vida até ao nível em que esta nos é apresentada no filme de James Cameron.

3- A razão da presença dos humanos em Pandora é um mineral “unobtanium” (ou seja, “impossível-de-obter”) que tem propriedades de super condução à temperatura ambiente, uma espécie de graal da Física que revolucionária a tecnologia, de fato… No filme, esta super condução afeta os engenhos que o Homem coloca em Pandora, mas as ligações wireless que ligam as personagens aos seus “avatares” resistem a esses intensos campos magnéticos e tal não é muito provável…

4- Os corpos artificiais que dão nome ao filme, os “avatares” têm no filme, ADN humano e da raça nativa, os Na’vi. Ou seja, são híbridos humano alienígena. Ora isso, em termo de biologia não parece possível, pelo menos à luz do conhecimento atual… Existem mais semelhanças genéticas entre um ser humano e uma bactéria do que entre um Homem e qualquer alienígena que possa existir, pelo que dificilmente poderia existir a necessária compatibilidade ou semelhança genética para criar um qualquer tipo de híbrido.

5- O gigantismo parece ser a nota dominante em Pandora, com dragões voadores gigantes, árvores altíssimas e os Na’vi, muito mais altos do que qualquer ser humano. Esse traço é compatível com a revelação – feita a dado ponto no filme – de que a gravidade em Pandora é mais baixa do que a da Terra.

6- Os Na’vi são demasiado humanos… Apesar da sua pele azul e de outras excentricidades no seu rosto, são muito semelhantes a um ser humano para uma criatura que se desenvolveu de forma independente no satélite em Alfa de Centauro.

7- A maioria do armamento utilizado pelos terrestres em Pandora é demasiado ao nível da nossa tecnologia atual: helicópteros, aviões convertíveis tipo Osprey e armas, tudo poderá estar ao serviço, na Terra, daqui a menos de 20 anos e seria de esperar que uma civilização do século XXII fosse mais diferente do que a nossa… Caramba, se há tecnologia para realizarem viagens interestelares, porque é que a tecnologia de Defesa se mantêm no século XXI?


Lançamento: 2009
Diretor: James Cameron

Elenco do Filme Avatar
Atores Principais do Filme Avatar:
Sam Worthington (Jake Sully)
Sigourney Weaver(Dra. Grace Augustine)
Michelle Rodriguez (Trudy Chacon)
Giovanni Ribisi (Parker Selfridge)
Joel David Moore (Norm Spellman)
Stephen Lang (Coronel Miles Quaritch)

Zoë Saldaña (Neytiri)
C. C. H. Pounder (Mo'at)
Laz Alonso (Tsu'Tey)
Wes Studi (Eytucan)


Criaturas (Animais) do Filme Avatar


Banshee: São animais alados nativos de Pandora. Eles representam um rito de passagem na vida dos aspirantes a guerreiro Na’vi que devem escolher um animal para domá-lo e montá-lo. São extremamente difíceis de montar, por isso, conseguir domá-lo representa assumir uma posição de prestígio no clã. Acredita-se que exista uma conexão "cerebral" entre o animal e seu cavaleiro que permite que os movimentos do animal durante o voo sejam precisos e a montaria fique aparentemente fácil. O banshee é altamente adaptado ao voo e ao ambiente de Pandora, que tem gravidade menor que a da Terra. O ar do planeta também é mais denso, e o animal precisa de muita força para se deslocar nos céus. Apesar de se parecer com um reptil, sua anatomia é muito próxima dos pássaros. Seu nome Na’vi é ikran.

Leonopteryx: É rei dos predadores dos ares, listrado de vermelho, amarelo e preto, suas asas chegam a 24,5 metros quando abertas. Seu nome Na’vi é toruk, significando "última sombra", em alusão a ser a última sombra que alguém vai ver, antecedendo seu ataque. Por ser um animal belo e feroz tem um lugar central no folclore e na cultura Na’vi. Ele é lembrado na dança, música e totens que simbolizam o medo e o respeito pela criatura.

Direhorses: Lembram os cavalos terrenos, porém com vários detalhes importantes a mais. São animais herbívoros que possuem duas finas e longas antenas, uma de cada lado da cabeça. Os cientistas acreditam que o toque nas antenas transmite ao animal a sensação de prazer e carinho. As antenas ajudam também na troca de alimento, senso de direção e também como alerta para perigos. Cameron, diretor do filme, descreve o animal como um "cavalo da raça Clydesdale alienígena, de seis patas, com antenas de mariposa".[carece de fontes?] Estes animais são adaptados ao terreno acidentado de Pandora e os guerreiros Na’vi usam em batalhas. Seu nome Na’vi é pa'li.

Thanator: É a mais temida das criaturas de Pandora. "O Thanator poderia devorar um tiranossauro-rex e comer o Alien de sobremesa. É a pantera do inferno", descreve o realizador John Rosengrant, do Stan Winston Studios. Sua musculatura é impressionante e fornece força e energia para longas corridas e saltos. Mesmo os destemidos Na’vi são surpreendidos pela abordagem da criatura. Os sentidos thanator são tão altamente desenvolvidos, que, dependendo das condições atmosféricas, podem detectar presas até treze quilômetros de distância.Seu nome Na’vi é palulukan.

Viperwolves: Este animal conta com seis patas, corpo magro, mas muito poderoso que lhe permite viajar longas distâncias em busca de presas.Seus olhos verdes podem enxergar tanto durante o dia quanto à noite e sua percepção de profundidade é incrível. Acredita-se que o Viperwolves pode sentir presa por mais de oito quilômetros de distância. Poucos predadores, incluindo o banshee, tentaria um ataque a um viperwolf, que quase sempre anda caça em grupo. Cameron descreve o animal como "desprovidos de pelos, com pele brilhosa que equivale a uma armadura. O mais assustador são as patas deles, que parecem mãos de couro". Seu nome Na’vi é Nantang.

Hammerhead Titanothere: Grandes herbívoros terrestres com couraça corporal, seis patas e uma cabeça em forma de uma marreta na horizontal.

Stingbat: Animais alados similares aos banshees, porém, menores.

Prolemuris: Animais arborícolas de braços que se bifurcam em dois antebraços. São semelhantes aos lêmures ou outros primatas terrestres.

Fan Lizard: Pequenos animais que possuem semelhança com nossos lagartos, mas possuem a capacidade de voar com uma "asa" espiral em rotação nas costas.

Fontes:
http://defensetech.org/2009/12/21/defense-tech-in-avatar/
http://www.space.com/entertainment/091221-avatar-science.html http://nasawatch.com/archives/2009/12/how-will-we-tra.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/Alfa_Centauri
http://en.wikipedia.org/wiki/Extrasolar_planet#Systems
http://pt.wikipedia.org/wiki/Avatar_%28filme%29
http://www.avatarmovie.com/


Assista o Filme Avatar Online!



Audio: Inglês
Legenda: Português




Receba atualização do Metal Ômega por e-mail assinando o Feed ou pelo endereço:
Feed do Metal Ômega

Não se esqueça de confirmar o endereço do seu e-mail (lembre-se de remover o filtro anti-spam)

Se gostou do artigo comente, se identifique, e deixe teu site/blog caso tenha.
Só faça comentário se tiver ligado com o assunto. Obrigado :-)

COMUNIDADE NO ORKUT:
Comunidade do Metal Ômega

0 comentários:

Postar um comentário


Receba atualização do Metal Ômega por e-mail assinando o Feed ou pelo endereço:
http://feeds2.feedburner.com/Metalomega
Se gostou do artigo comente, se identifique, e deixe teu site/blog caso tenha.
Só faça comentário se tiver ligado com o assunto. Obrigado :-)

COMUNIDADE NO ORKUT:
http://www.orkut.com.br/Main#CommTopics.aspx?cmm=73727597

Formulário de Contato

Contato

Seu Nome :
E-mail :
Assunto :
Mensagem :
Image (case-sensitive):