domingo, 21 de dezembro de 2008

MANCHESTER UNITED CAMPEAO FIFA CLUB WORLD CUP

Feed do Metal Ômega
Assine o nosso Feed ou receba os artigos por email
categories :
technorati: | 0 comentários »

Manchester United Campeão do Mundo

FIFA Club World Cup 2008



Manchester United vence a LDU em Yokohama e é campeão do mundo

Manchester United Campeão do Mundo FIFA Club World Cup 2008Após a partida, capitão Ferdinand levanta a taça para a festa do time do Manchester United

Cevallos:
tem boa atuação pelo time equatoriano.
Van der Sar: fez três defesas importantes.
Wayne Rooney: marca o gol do título do Manchester United.
Cristiano Ronaldo: leva a torcida japonesa ao delírio com seus dribles.

O Manchester United, clube que tem o melhor jogador do mundo na atualidade, agora também é a melhor equipe do planeta. O Manchester United venceu a LDU por 1 a 0, em Yokohama, e conquistou o Mundial de Clubes da Fifa.

O Manchester United, time de Cristiano Ronaldo, jogou quase o segundo tempo todo com um atleta a menos (sem o Vidic) e contou com o oportunismo de Wayne Rooney e é claro, jogada do Cristiano Ronaldo, para bater o goleiro Cevallos, que teve grande atuação.

O Manchester United dominou a primeira etapa e parou no goleiro equatoriano Cevallos, herói do título da Libertadores ao defender três pênaltis na decisão contra o Fluminense. Mas, em Yokohama, Cevallos não teve muito a ajuda de seus companheiros, que ficaram mais preocupados em defender do que atacar. A LDU só deu três chutes na direção do gol de Van der Sar, que foi obrigado a fazer grandes defesas para evitar a zebra.

Vencedor da Bola de Ouro de 2008, dada pela revista francesa “France Football”, Cristiano Ronaldo é o favorito para receber o prêmio de melhor jogador do mundo da Fifa, no dia 12 de janeiro. O português Cristiano Ronaldo não brilhou intensamente, mas teve participação decisiva na vitória em Yokohama: foi dele o passe para Wayne Rooney marcar aos 28 do segundo tempo.

O Cristiano Ronaldo, que consagra a camisa 10, termina como artilheiro do Mundial, com três gols. Este é o segundo título mundial do Manchester United. O primeiro título do Manchester United treinado pelo técnico Alex Ferguson, foi infelizmente, quando o Palmeiras deixou de ganhar em 1999, sendo derrotado por 1 a 0, em Tóquio, numa falha da zaga do Palmeiras, e erro na saída do goleiro consagrado Marcos. Claro, o Palmeiras deixou de fazer um turbilhão de gols, barrado pelo goleiro na época Carroll.

A primeira boa chance foi da LDU. Logo aos quatro minutos do primeiro tempo, Manso cobrou falta, a bola passou por todo mundo e Campos, na cara do gol, chutou para fora. A partir daí, só deu Manchester United.

Aos dez minutos do primeiro tempo, Cevallos começou a se destacar. Wayne Rooney recebeu lançamento, matou no peito e chutou forte de fora da área, mas o goleiro fez boa defesa. Quatro minutos depois, Cevallos teve que trabalhar de novo em uma pancada do Cristiano Ronaldo, camisa 10 do Manchester United: após cruzamento de Carrick, Wayne Rooney bateu e o goleiro colocou para escanteio.

A bola só ficava nos pés do Manchester United. E quando caía com Cristiano Ronaldo, a torcida ia ao delírio. Principalmente quando o português Cristiano Ronaldo fazia gracinhas. Como aos 17 anos: o Bola de Ouro, Cristiano Ronaldo, deu uma seqüência de quatro dribles e os japoneses foram à loucura nas arquibancadas. Após dois minutos, Cristiano Ronaldo foi objetivo na habilidade. O craque Cristiano Ronaldo dominou pela esquerda, deu belo drible e cruzou para a cabeçada de Tevez, mas Cevallos salvou no cantinho esquerdo. Quase gol.

Aos 22 minutos do primeiro tempo, mais pressão do Manchester United. Desta vez, Anderson deu grande lançamento para Wayne Rooney, que entrou na área e tocou por cima do goleiro. A bola foi por cima, muito perto do travessão.

A LDU se fechava atrás e pouco atacava. Cevallos ainda fez mais duas boas defesas até o intervalo e foi o destaque do primeiro tempo, evitando que o Manchester United abrisse o placar.

Na etapa final, um golpe duro para o time de Alex Ferguson logo aos quatro minutos: Vidic deu uma cotovelada em Bieler e foi expulso. Porém, nem com um jogador a mais a LDU se arriscava a atacar o Manchester United e deixar a defesa aberta. A pressão dos campeões europeus continuou. Sem Tevez, substituído por John Evans.

Aos 11 minutos do segundo tempo, Cristiano Ronaldo dominou pelo meio e arriscou de fora da área, com efeito. Cevallos, bem colocado, evitou mais uma vez o gol do Cristiano Ronaldo e do Manchester United consecutivamente.

A LDU só conseguiu dar o primeiro chute em direção à baliza de Van der Sar aos 17 minutos do segundo tempo. E que chute! Manso arriscou de fora da área, a bola ia no ângulo direito, mas o goleiro holandês Van der Sar fez grande defesa com uma mão só.


Cristiano Ronaldo Cristiano Ronaldo passa por Willian Araujo: festa dos japoneses para o craque português


Depois da retranca, os equatorianos gostaram de tentar o gol. Aos 24 minutos do segundo tempo, Willian Araujo pegou bem na bola e obrigou Van der Sar a se esticar para salvar o Manchester United de novo. O lance acordou os jogadores do Manchester United, que resolveram voltar a jogar.

O gol do título mundial do Manchester United saiu aos 28 minutos do segundo tempo. Após boa troca de passes, Cristiano Ronaldo recebeu na grande área, enganou a zaga, como sempre, e rolou na esquerda para Wayne Rooney, que pegou de primeira, colocado, e acertou o canto direito de Cevallos: 1 a 0 para o Manchester United.

A LDU ainda assustou o Manchester United aos 43 minutos do segundo tempo. Manso, de novo, acertou uma bomba de fora da área e Van der Sar, de novo, salvou com uma mão só, no ângulo. O goleiro Van der Sar só teve que usar as duas mãos para levantar a taça. O Manchester United é o dono do mundo, campeão mundial, reconhecido pela FIFA e por todos do planeta terra.


Escalação

LDU:
Cevallos, Jairo Campos, Calle (Ambrosi), Norberto Araujo, Calderón; Reasco (Larrea), Urrutia, Manso, Willian Araujo; Bolaños (Navia) e Bieler.

Técnico: Edgardo Bauza.


Manchester United
Van der Sar, Rafael (Gary Neville), Vidic, Ferdinand, Evra; Carrick, Anderson (Fletcher), Park, Cristiano Ronaldo; Tevez (Evans) e Rooney.

Técnico: Alex Ferguson.


Cartões amarelos: Cevallos, Bieler, Jairo Campos, Calle, Willian Araujo (LDU); Anderson (MAN). Cartão vermelho: Vidic (MAN).

Estádio: Internacional de Yokohama
Data: 21/12/2008.
Árbitro: Rasulov Abdukhamidullo (UZB).
Auxiliares: Kochkorov Bahadyr e Nishimura Yuuichi


Fonte: Globo com modificações

Receba atualização do Metal Ômega por e-mail assinando o Feed ou pelo endereço:
http://feeds.feedburner.com/Metalomega
Não se esqueça de confirmar o endereço do seu e-mail (lembre-se de remover o filtro anti-spam)

Se gostou do artigo comente, se identifique, e deixe teu site/blog caso tenha.
Só faça comentário se tiver ligado com o assunto. Obrigado :-)




0 comentários:

Postar um comentário


Receba atualização do Metal Ômega por e-mail assinando o Feed ou pelo endereço:
http://feeds2.feedburner.com/Metalomega
Se gostou do artigo comente, se identifique, e deixe teu site/blog caso tenha.
Só faça comentário se tiver ligado com o assunto. Obrigado :-)

COMUNIDADE NO ORKUT:
http://www.orkut.com.br/Main#CommTopics.aspx?cmm=73727597

Formulário de Contato

Contato

Seu Nome :
E-mail :
Assunto :
Mensagem :
Image (case-sensitive):